informações úteis

pacientes, acompanhantes e visitantes

recomendações gerais

  • Traga objetos de higiene pessoal para uso do paciente, tais como: sabonete, desodorante, creme dental, escova de dente, barbeador, absorvente, chinelo, etc.
  • Auxilie nos cuidados com o paciente quando solicitado pela equipe de enfermagem (banho, mudança de posição, etc.);
  • Fale se você tem dúvidas ou preocupações e, se não entender, pergunte de novo;
  • Pergunte sobre o diagnóstico do paciente, os exames aos quais está sendo submetido, o plano de tratamento, os medicamentos que está recebendo e o porquê;
  • Evite utilizar o telefone celular nas enfermarias, corredores e postos de enfermagem;
  • Devido as variadas influências sociais e culturais, evite o uso de roupas sumárias (roupas muito curtas, miniblusa, transparências, decotes pronunciados, shorts e outros) em ambiente hospitalar;
  • Lembre-se! Mantenha sempre o silêncio. O silêncio e a tranquilidade do ambiente hospitalar são fundamentais para recuperação dos pacientes.

não é permitido

  • Fumar nas dependências do Hospital (Lei Nº 8811, 02/06/2009);
  • Falar alto e produzir barulhos excessivos;
  • Manusear materiais e equipamentos utilizados no tratamento e monitoramento do paciente, tais como: soros, registros de oxigênio entre outros;
  • Entrar ou permitir a entrada de alimentos e bebidas de qualquer natureza (exceto nos casos avaliados e autorizados pela Seção de Nutrição);
  • Sentar ou deitar na cama ou no chão;
  • Trazer de casa travesseiros, lençóis, cobertores e/ou roupas para o paciente;
  • Entrar com aparelhos eletrônicos tais como televisão, rádio, ventiladores ou circuladores de ar e computador/notebook;
  • Ministrar medicação ao paciente, realizar curativos e outros procedimentos;
  • Permanecer com os televisores ligados após as 22h;
  • Circular em outras alas e enfermarias além daquelas onde o paciente está internado;
  • Filmar e fotografar nas dependências do hospital, o paciente e procedimentos realizados.

visitantes

Todos os visitantes (inclusive menores de idade) devem apresentar documento válido na Recepção Social e portar, em local visível, crachá ou etiqueta de identificação fornecido. Ao sair do hospital, o crachá ou etiqueta de identificação deverá ser devolvido.

Menores de 18 anos, independente do grau de parentesco, devem estar acompanhados de um responsável legal. Para os menores de 12 anos as visitas devem ser agendadas com antecedência de um dia para ser avaliada pelo setor de psicologia.

Pacientes em isolamento ou de UTIs só podem receber visitas com acompanhamento e as devidas instruções de profissionais do HRJSN. As visitas podem atrasar ou ser interrompidas em decorrência da realização de procedimentos.

É permitida a visita de dois (02) representante de segmentos religiosos por vez, desde que solicitado pelo paciente e/ou familiar respeitando o horário pré-estabelecido, conforme a Lei nº 9.982 de 14/07/2000, art. 2º da assistência religiosa.

Visita a pacientes com escolta policial somente será permitida mediante apresentação da autorização emitida pelo Poder Judiciário ou Delegado de Polícia, conforme o caso.

Para segurança e adequada recuperação dos pacientes, nas enfermarias é permitido no horário das 9h30 às 10h30 até 1 pessoa, e das 17h às 18h até 2 pessoas por paciente e na Unidade de Terapia Intensiva, no horário das 11h às 11h30 até 1 pessoa, e das 17h às 17h30 até 2 pessoas sendo um por vez. Nos casos excepcionais, será permitido a presença de um acompanhante para crianças e visitante que apresentar condição que exige apoio (mobilidade fisica prejudicada, etc).

pulseira de identificação

A identificação correta do paciente é muito importante para que os profissionais sejam capazes de identificar o “indivíduo certo” como sendo a pessoa para a qual se destina o serviço e assim evitar a ocorrência de erros.

A pulseira de identificação será colocada em todos os pacientes no momento da admissão e deverá permanecer durante todo o tempo em que o paciente estiver submetido aos cuidados da instituição.

Em caso de ausência, perda, retirada, ilegibilidade ou erros de informação da pulseira , comunique à equipe de enfermagem para que seja providenciada uma nova.

Ao sair do Hospital, não esqueça de retirar a pulseira.

horário de atendimento

O HRJSN oferece atendimento gratuito 24h por dia para serviços de urgência e emergência, além de atendimento de Unidade de Cuidados Intermediários de RN (UCI).

Para cirurgias nas especialidades de Cirurgia Geral e Ortopedia, atendimento em Clínica Geral, Clínica Obstétrica e Clínica Pediátrica, entre em contato através do telefone (67) 3926-6725.

horário de visitas

Clínica

das 9h30 às 10h30 (até 1 pessoa)
e das 17h às 18h (até 2 pessoas)

UTI

das 11h30 às 12h (até 1 pessoa)
e das 17h às 17h30 (até 2 pessoas)

Visita Religiosa

das 11h às 11h30 (até 2 pessoas)

troca de acompanhantes

Clínica

das 07h às 08h e das 18h às 19h

notifique
eventos adversos

O HRJSN possui um Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) que tem como objetivo o desenvolvimento de ações para o gerenciamento de risco a fim de prevenir a ocorrência de eventos adversos.

Se qualquer incidente ocorrido durante a assistência tiver causado dano ao paciente, comunique ao NSP por meio do formulário de notificação disponível nos postos de enfermagem.

Você pode ajudar a tornar o hospital mais seguro.

refeições

As refeições dos pacientes seguirão os regimes dietéticos prescritos pelo médico assistente e pela equipe de nutrição. Para maior conforto e segurança o HRJSN também serve desjejum, almoço e jantar para o acompanhante.

acompanhantes

Pacientes menores de 18 anos ou com idade igual ou superior a 60 anos e, pessoas com necessidades especiais tem direito a um acompanhante - exceto nas UTIs, emergência e centro cirurgico.
Para ficar uma pessoa como acompanhante, esta deverá pegar a “autorização de acompanhante”, após avaliação da enfermeira ou supervisora da unidade. O acompanhante deve ter idade igual ou superior a 18 anos. Por motivos de segurança, a permanência de acompanhantes gestantes deverá ser evitada.

O acompanhante deverá permanecer sempre junto ao paciente. Não é permitido entrar em outras enfermarias. Em respeito a individualidade, somente será permitido acompanhante do mesmo sexo do paciente. Em casos especiais, solicitar autorização do serviço social e/ou enfermeiro superior.

A troca de acompanhante fora dos horários estipulados deverá ser autorizada pelo enfermeiro supervisor.Caso necessário, os profissionais solicitarão aos acompanhantes e/ou visitantes que aguardem no hall do andar durante a realização de procedimentos. Em casos especiais em que o acompanhante necessite se ausentar da unidade, o retorno do mesmo poderá ser realizado no período matutino (até as 11h), vespertino (após as 17h) e noturno (até as 22h).

Gestantes: em um momento singular como o parto não devemos ficar sozinhas, todas as mulheres tem direito a ter um acompanhante a livre escolha durante todo o período de trabalho de parto, parto e pós-parto imediato, faça valer seu direito (Lei 11.108 de 07 de abril 2005).

É obrigatória a devolução do crachá na recepção social, em caso de perda ou extravio deverá apresentar boletim de ocorrência. Esteja atento aos seus pertences deixados no guarda volumes, especialmente em caso de transferência ou alta hospitalar do paciente, pois serão descartados caso não os resgate em até 30 dias. A autorização de permanência de acompanhantes poderá ser cancelada caso haja descumprimento das normas aqui descritas.